Hospital Brasil
Notícias
Surpresa nada agradável

Responsável por um dos índices mais altos de causa de óbitos no Brasil, a morte súbita pode ser evitada se medidas preventivas forem tomadas e se o socorro imediato for prestado à vítima.

Súbito é o que acontece de repente, de forma inesperada,rápida e imprevisível. Entendendo o significado dessa palavra,podemos compreender como acontece a morte súbita, um tipo de morte que faz como vítimas pessoas sadias ou doentes em um período de, no máximo, 24 horas. Esse tempo é contado a partir do momento em que são percebidos os sintomas caracterizados por dor semelhante a uma queimação forte na região central do tórax, que pode se estender até o pescoço e dorso e durar mais de 20 minutos. Tudo pode acontecer tão rápido que justifica o fato de as vítimas serem encontradas já falecidas no local, sem que nenhuma outra pessoa tenha testemunhado o acontecimento.

Na maioria dos casos, a morte súbita está relacionada às causas cardiovasculares, em especial à doença coronariana. “O infarto do miocárdio é a mais importante manifestação da doença arterial coronariana e a principal causa da morte cardíaca súbita imediata, também conhecida como parada cardíaca”, explica o Dr. Igor Alexander de Souza, cardiologista do Hospital e Maternidade Brasil. De acordo com o DATASUS - Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde, 32,8% dos 946.148 óbitos registrados em 2006 no Brasil aconteceram devido a doenças cardiovasculares. Esse índice é duas vezes maior que o da mortalidade decorrente do câncer, três vezes maior que a mortalidade por doenças respiratórias e oito vezes por doenças infecciosas.

É possível evitar

Mais comum entre pessoas com mais de 40 anos de idade, a morte súbita é rara entre jovens e crianças. Estão no perfil de risco os diabéticos, fumantes, obesos, pessoas com alto índice de colesterol ou que tenham histórico familiar de doenças cardiovasculares, além daquelas que são vítimas do estresse e da depressão.

Medidas preventivas podem ser tomadas por essas pessoas, de modo que a morte súbita seja evitada ao máximo. “A mais efetiva visa a mudança do estilo de vida, que inclui uma alimentação pobre em colesterol,sal e açúcar e rica em fibras vegetais, além da realização regular de exercícios físicos”, esclarece Dr. Igor.

Uma boa notícia - e que nos faz refletir sobre a importância do socorro imediato - é que há chances significativas de evitar a morte súbita se a vítima de infarto do miocárdio for atendida prontamente por um médico, assim que perceber dores suspeitas.“Nos primeiros 10 minutos após a parada cardíaca, o procedimento mais eficaz é a compressão torácica contínua, seguida de cardioversão por choque elétrico, sem a necessidade de respiração boca-a-boca nesse período inicial. Em seguida, a vítima deve ser mediatamente encaminhada ao serviço de urgência de um hospital”, ressalta o cardiologista.

» Veja mais notícias.
Rua Cel. Fernando Prestes, 1.177 - Santo André - SP - PABX: (11) 2127 6666
Marcação de consultas: (11) 2666-0333

Conheça os outros hospitais do grupo Rede D´Or


© 2002-2007 - Hospital e Maternidad
Conmhe e Brasil. Todos os direitos reservados.
Criação de Sites PYPE